terça-feira, 27 de janeiro de 2009

As 7h e 2min

Deixamos a cidade de lima ás 3 da madrugada,6h no Brasil.portanto em duas horas e meia começaria inter e Barcelona.mas para mim o jogo começou ali mesmo,no túnel que nos levaria até o avião.me senti entrando em campo com aquele tapete coincidentemente verde.
Quando passei pela primeira classe rumo a econômica,tive uma visão surreal.deparei com a equipe do Barcelona: Ronaldinho,deco,giuly,rijkaard e cia,tomando champanha francês e saboreando canapés de caviar estirados naquelas imensas e confortáveis poltronas.
Ao chegar a classe econômica,tive outra visão bem diferente da anterior: encontrei o pato dormindo no ombro do clemer.o fernandão e o iarley empilhando os sacos com os fardamentos ,nos minguados espaços para bagagens que restavam,enquanto o restante da equipe tentava se ajeitar nos apertados acentos da classe econômica.
Quando apagaram-se os sinais para afivelar os cintos,levantei da poltrona e me dirigi até a calda do avião para falar com os comissários.disse a eles que era de porto alegre ,terra do internacional,onde se consagrou o dom elias figueroa,meu grande amigo chileno,e de onde saiu o ronaldinho gaúcho.depois daquela apresentação,solicitei a um comissário que pedisse ao comandante,que obviamente deveria ser chileno,para manter os passageiros informados do resultado do jogo.recebi resposta que não eram chilenos,e sim peruanos.
Que a companhia de aviação não era a lan Chile,e sim a lan peru.santa ignorância....eu sempre pensei que todas as lans fossem chilenas!
Insisti no meu pedido e um dos comissários se comprometeu a falar com o comandante.pero si,pero no,ficou só na promessa!
resolvi tomar um remédio para dormir.tinha que acabar com aquela dúvida cruel:estávamos tomando 3,4 ou 5?? foi pior.acordei suando em meio a turbulência que jogava o avião para todos os lados.sonhei que tinhamos sido atingidos por um legacy e que o poderoso e imbátivel Barcelona,digo,boeing estaria caindo.era a vitória do davi sobre golias.me acreditem,por favor.juro pelo presidente fernado carvalho e pelo diretor de futebol,vitório piffero,que odiei ter sido aquilo um sonho.tinha que ser verdade.final,um colorado que se preze certamente daria sua vida por um título mundial!

Um comentário:

Felipe Fester disse...

Eai Amigo Tudo Blw
Vim dizer que te indiquei pro selo de qualidade 'Olha que blog maneiro!', se você quiser participar e seguir todas as regras, ganha uma caricatura! Passa lá no meu, as regras estão lá